As duas análises que precisas trabalhar nas apostas

Vamos falar daquilo que a meu ver é a base/ fundamento nas apostas. Análise fundamental e análise técnica/ estatística. Se calhar estes dois conceitos são novos para ti. No entanto, posso-te garantir que tu já usas-te ambos os conceitos mesmo sem saberes. Ambas análises são usadas na bolsa de valores. Contudo, podemos também adaptar as mesmas nas apostas. Embora seja controverso qual a melhor análise, eu pessoalmente adaptei as mesmas à minha forma de trabalhar nas apostas. Resumo em vídeo:

Análise técnica é talvez a mais usada pelos apostadores. Basicamente o que muitos apostadores fazem é ver os últimos resultados das equipas em que vão apostar, a lugar na tabela, entre outras estatísticas como golos marcados/ sofridos. Isto é uma análise técnica mas que nas apostas no fundo passa por uma análise estatística.

 

Análise mais estatística tem valor pois pode-nos dar uma ideia geral daquilo que podemos esperar. No entanto é preciso perceber que só esta análise não chega. E o motivo é simples, qualquer pessoa que se dedique consegue entender estatísticas, mas apesar do seu valor lógico, valem o que valem na realidade. Até porque as estatísticas são modificadas de jogo para jogo.

Análise fundamental é mais baseada em “momento”. Ao contrário da técnica podemos aprofundar muito mais a nossa análise. Vou dar um exemplo simples. Vamos supor que o Benfica é muito favorito para ganhar o próximo jogo. A nível estatístico tudo “bate” certo para apostarmos. No entanto numa análise mais fundamentalista conseguimos encontrar alguns problemas na nossa aposta ao Benfica. O melhor marcador da equipa lesionou-se no último treino, e o central mais influente da equipa foi castigado no último jogo. Este tipo de análise é crucial para termos uma ideia mais correta daquilo que podemos esperar. Análise técnica não consegue contemplar fatores mais “humanos”.

Falei de lesionados/ castigados, mas análise fundamental pode ser muito mais profunda. No inverno é muito comum algumas equipas terem relvados em muito mau estado. E em regra geral isso faz com que os jogos sejam mais “feios” e com menos golos. A nível estatístico isto “escapa” pois mesmo que a equipa venha de uma sequência de 5 jogos com mais de 3 golos por jogo, este fator mais fundamental é crucial e desvaloriza imenso as estatísticas passadas.

Para quem aposta “ao vivo”, ou seja com o jogo a decorrer, uma análise fundamental é ainda mais essêncial. Vamos supor que estavam a pensar apostar na equipa A, estatísticamente é claramente favorito, no entanto quando começam a ver o jogo a equipa B está completamente a dominar jogo. É aqui que a vossa análise deve ser aplicada. De que importa todas as estatísticas que viram? Se a equipa B está a dominar o jogo o mais certo é apostar nessa equipa não naquela que inicialmente tinham pensado.

Em suma ambas as análises apresentam valor, e é importante entender as diferenças entre elas. Pessoalmente creio que uma análise mais fundamental é superior. O correto é sem dúvida ter uma mistura de ambas e tomar decisões de valor com base no nosso estudo. Uma coisa não tenho dúvida no longo prazo é mais simples ganhar apostas com uma análise fundamental do que com uma análise estatística. No entanto, e repito, ambas apresentam valor.

Já têm o nosso ebook? É grátis por tempo limitado!

Parceiros que recomendo:

Criador do PicksDazer.Com. Trader profissional desportivo. Apaixonado pelo mundo do futebol. Vasta experiência no mundo das apostas. Não vê o PicksDazer como uma comunidade, mas sim como uma família!
>