A minha forma de apostar no segundo tempo

Quem me segue aqui no site ou mesmo no youtube sabe que eu fã de apostar no Over 0.5 ao Intervalo. No entanto apesar da minha taxa de acerto ser grande nesse mercado, a realidade é que alguma entradas dão prejuízo (red). E por vezes a verdade é que a nossa aposta apresentava valor mas por vezes existe um fator chamado “azar” que faz com que a bola não entre, sejam bolas no ferro, sejam grandes defesas, golos cantados, etc…

Grande parte das vezes que isto acontece assumo o red e sigo para outro jogo. No entanto se eu sentir que de fato a minha aposta teve muito valor o que normalmente faço é abrir posição num mercado parecido. Normalmente Over 1.5. A razão é simples, se a nossa análise estava correta não faz sentido desperdiçar essa análise e sim voltar acreditar na mesma agora na segunda parte. 

Percebam que não defendo correr atrás do prejuízo, nada disso. O que me refiro aqui é ir de encontro ao que o jogo dita. Agora tudo parte da tua análise mais fundamentalista em direto, o saber se a tua aposta “errada” era de valor não é algo linear. Portanto todas as entradas no mercado devem ser bem pensadas. No vídeo em baixo creio conseguir explicar melhor o meu ponto de vista:

Exemplo de um jogo em que apostei ao intervalo tendo em conta que tinha perdido no primeiro tempo:

A minha análise estatística combinada com uma análise fundamental fez acreditar que jogo apresentava valor no Over 0.5 HT @ 1.4 – Bem infelizmente o jogo foi 0-0 ao intervalo. A minha análise foi errada? Sinceramente não. Vejam as “stats” do jogo no primeiro tempo:

Foi um jogo “aberto”, teve uma bola na trave, e existe sempre fatores que as “stats” ocultam. O Wolfsburg só defendia e fazia chegadas em esforço, os da casa por sua vez dominavam e cada lance dento de àrea era perigoso. Não existiu golo é verdade, mas eu não ía ficar por aqui, pois o jogo tinha uma tendência clara.

Neste caso o que pensei fazer foi abrir posição no Over 1.5 e no Back ao Shakhtar – O que mudou aqui? A nível de golos o jogo parecia ter valor, agora ainda mais, pois o Wolfsburg precisava de virar a eliminatória e 45 minutos já “foram”. Por sua vez o Shakhtar estava muito confortável no jogo e notava-se que procurava fechar a eliminatória.

Existia um problema nisto tudo, é que eu já tinha perdido dinheiro no mercado, e a nível psicológico tendo em não querer voltar ao mesmo mercado várias vezes. Neste caso tinha de escolher entre o Over 1.5 e o back aos casa. O que fiz:

Foi uma questão de valor na odd. A odd do Shakhtar estava “absurda” pois controlava o jogo e notava-se ser que mentalmente estava mais forte. O segundo tempo voltou a repetir muito aquilo que foi o primeiro, um jogo com muitos lances mas a bola não entrava, felizmente para nós deu dinheiro ao minuto 89 🙂

Este é a minha forma preferida de apostar em live ao intervalo. O motivo é simples eu não sinto ser o melhor “leitor” de jogo se não tiver feito uma enorme análise antes, neste caso como já tinha o jogo estudado senti que podia aproveitar o meu estudo passado e adaptar em live. Alguns apostadores/ traders entram no jogo sem terem feito qualquer tipo de análise, ou seja só assistem ao jogo e com base naquilo que os “feelings” ditam fazem uma ou mais apostas. Não digo que seja errado para todos, mas comigo não resulta. Só não é a forma como gosto de apostar, preciso dos meus apontamentos para me conseguir justificar.

Já têm o nosso ebook? É grátis por tempo limitado!

Parceiros que recomendo:

Criador do PicksDazer.Com. Trader profissional desportivo. Apaixonado pelo mundo do futebol. Vasta experiência no mundo das apostas. Não vê o PicksDazer como uma comunidade, mas sim como uma família!
>